Clubes de Aeromodelismo disponibilizam seguro de responsabilidade civil para usuários de drones

Ad Blocker Detectado

O nosso site está online graça à exibição de anúncios para os nossos visitantes. Apoie esta nova indústria desativando o seu bloqueador de anúncios Ad Blocker.

Pistas homologadas pela Confederação Brasileira de Aeromodelismo oferecem seguro com cobertura de até R$100 mil

Quem voa com drones apenas por hobby, já tem acesso a um Seguro de Responsabilidade Civil de danos contra terceiros.

Esse seguro visa indenizar danos materiais e danos corporais a terceiros por acidentes ocorridos dentro de pistas homologadas pela Confederação Brasileira de Aeromodelismo (COBRA), considerando que o objeto causador é um aeromodelo.

Rogério Luis Lorizola, Presidente da Confederação COBRA, orienta: “Não existe restrição de aeromodelos quando os mesmos têm permissão de voo. Portanto, um drone é considerado um aeromodelo, quando o voo se dá em pista homologada. Mesmo aguardando a regulamentação da ANAC, fica esclarecido que drones dentro de clubes de aeromodelismo credenciados à Confederação, estarão segurados”

De acordo com  Lorizola, para ter acesso ao seguro, o usuário precisa estar em dia com a mensalidade do clube, que varia entre R$50,00 e R$100,00, assim como ter a aprovação de um instrutor do clube, atestando o conhecimento necessário para práticas de voo (adquirindo o chamado BRA). A anuidade da COBRA, que também está a cargo do usuário, custa entre R$130,00 e R$170,00, variando conforme margem de cobertura, que pode ser entre R$20 mil a R$100 mil. O Seguro é válido somente para práticas de voo que seguem as normas da ICA 100-40.

Atualmente existem 130 clubes associados à Confederação, localizados em diversos estados do Brasil. São espaços abertos e com estrutura adequada para as práticas seguras de voo. 

É um espaço amplo, com infraestrutura de salas, banheiro, área coberta e 48 mil m² abertos para voo. Sem dúvida é muito seguro voar em um local apropriado e além disso, temos instrutores que orientam os associados quanto às práticas de voo e cuidados gerais com os equipamentos. Estar em um espaço como este, que é cuidado e monitorado pelos responsáveis do clube, também representa segurança aos usuários, que possuem equipamentos de valores consideráveis e aqui podem voar com toda tranquilidade.Fernando Aca, Presidente do Clube de Modelismo Deodoro (CMD)/RJ


Além do espaço amplo e seguro para voo, nós criamos um vínculo com os outros colegas frequentadores. Torna-se um ambiente agradável, onde encontramos amigos que trocam experiências, se divertem, levam suas famílias, promovem confraternizações aos finais de semana e que se ajudam na solução de problemas técnicos com os equipamentos.Filipe Leivas, empresário do setor de drones e hobbysta

SOBRE A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AEROMODELISMO

SOBRE O CLUBE DE MODELISMO DEODORO CMD

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionando Ctrl + Enter.

mm

Adriana Guedini

Adriana Guedini é graduada em Administração de Empresas, pós-graduanda em Gestão de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e com Certificação Profissional ANBIMA - Série 10 (CPA-10) para atuação em Mercado Financeiro e de Investimentos. Sua trajetória profissional é pautada por um histórico empreendedor e de destaque em multinacionais e empresas de grande porte nacionais. Nestas, atuou nas áreas de Finanças, Comercial e Recursos Humanos, adquirindo experiência e know-how em inovação e gestão de negócios. Aqui no IntoDrones tem o objetivo de produzir e compartilhar conteúdos sobre o mercado de drones e de áreas relacionadas para conscientização, estímulo e conhecimento geral, as quais fomentam o desenvolvimento dos setores.
mm

Receba nossas atualizações

Assine a nossa newsletter e receba conteúdos interessantes e atualizações direto no seu e-mail

Comentários

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: