Seagate DJI Fly Drive com 2 TB HDD e porta MicroSD é solução de armazenamento de dados para drones

Ad Blocker Detectado

O nosso site está online graça à exibição de anúncios para os nossos visitantes. Apoie esta nova indústria desativando o seu bloqueador de anúncios Ad Blocker.

Junto com a popularidade dos drones, vem a necessidade de HDs externos não só de maior capacidade como também de maior velocidade de transferência e facilidade de uso. A primeira solução de armazenamento vem da parceria da Seagate e da DJI, o Fly Drive. Um hd externo que permitirá fazer transferências de conteúdo fotográfico e de vídeo 4K ainda em campo, graças aos 2 TB de armazenamento, porta de cartão MicroSD integrado, velocidades de transferência rápidas e construção durável.

 

 

Capacidade: até 2TB
Com este tipo de espaço, Fly Drive pode armazenar mais de 60 horas de gravação em vídeo 4K 30fps. Em um drone como o DJI Mavic Pro, isso representa mais de 250 voos.

Slot para cartão MicroSD
Gerenciar vários cartões SD, leitores e cabos no campo é uma dificuldade. O hub integrado tipo UHS-II, permitirá maior eficiencia, possibilitando arrastar e soltar rapidamente arquivos 4K  do cartão MicroSD para o Fly Drive ou para o seu computador.

Interface USB 3.1
Compatível com Mac e Windows, a interface USB 3.1 Type-C da Fly Drive permite transferências rápidas de arquivos com a última geração de computadores Thunderbolt ™ 3 e USB 3.1.

Proteção contra choques
O Fly Drive conta ainda com um amortecedor integrado que o protege em casos de queda, por exemplo.

Seagate DJI Fly Drive estará disponível por um preço de $ 119,99*.

*preço sugerido pelo fabricante.

Fontes
http://www.seagate.com/br/pt/about-seagate/news/where-drone-footage-lands-pr-master/

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionando Ctrl + Enter.

mm
Siga-me

Wilson Duarte

Wilson é graduado em Matemática Aplicada Computacional pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro onde colaborou no desenvolvimento de algoritmos aplicados à otimização de recursos hídricos e nitrogênio na agricultura. Em 2011, recebeu o título de Mestre em ciências aplicados à geofísica computacional pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Sua carreira profissional tem sido pautada na pesquisa e desenvolvimento de análise de sinais provenientes de ondas sísmicas. "Estou envolvido ativamente em todos os aspectos de tecnologias que, embarcadas no drones, permitam redução de tempo, automação de processos e geração de informações para tomadas de decisão." Aqui no IntoDrones, Wilson tem o objetivo de fornecer informações que ajudem a promover a nova indústria do uso de Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPAs/VANTs/Drones).
mm
Siga-me

Receba nossas atualizações

Assine a nossa newsletter e receba conteúdos interessantes e atualizações direto no seu e-mail

Comentários

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: